E-mail Marketing

Um canal de resultados rápidos

Os números impressionam e provam de forma inquestionável que o mercado mundial está maduro para os benefícios do e-mail-marketing. Também no Brasil seu uso no relacionamento com os clientes é crescente e tamanha adesão explica-se pela força do canal junto ao consumidor, pelo baixo custo por operação, pela segurança do sistema e pela possibilidade da realização de inúmeros controles e análises.

Identificação imediata

A natureza acentuadamente "pessoal" do e-mail propicia o estabelecimento de um relacionamento de proximidade. Além disso, ao viabilizar o acesso instantâneo aos dados de cada usuário e possibilitar o uso dessas informações na personalização das mensagens, o email-marketing de certa forma restabelece o atendimento individualizado. Permite conhecer melhor esse consumidor e, simultaneamente, atender com mais eficiência às suas necessidades – reais ou presumidas.

Embora a maioria absoluta dos consumidores aprecie receber e-mails com ofertas e cupons das suas marcas favoritas, as campanhas de e-marketing não devem se restringir a oferecer produtos. Elas podem se integrar ao esforço maior de propiciar experiências positivas desse consumidor com a marca, pelo estabelecimento de vínculos de confiança e pontos de identificação. O segredo é gerar satisfação no cliente e alinhar sua experiência com as promessas transmitidas pela marca nas suas propagandas em mídias tradicionais.

Efeitos de longo prazo

É uma boa aposta. Pesquisas indicam que o efeito residual dos e-mails enviados pode ser longo e que consumidores que foram instigados por um e-mail a adquirir determinado produto acabaram por realizar a compra, via on-line ou off-line. Tradicionalmente, os setores de varejo, viagens e produtos e serviços financeiros são os que mais se beneficiam dessas estratégias.

Tirar o máximo proveito do e-mail-marketing pode depender de iniciativas simples. Uma delas é incrementar os processos de cadastramento dos clientes, motivando-os a se cadastrar em pontos-de-venda e de atendimento, pelo site e pelo telemarketing.

Um alerta, porém, é importante: ao contrário dos e-mails autorizados, os spams trabalham contra o seu negócio. Eles são ilegais e identificados como invasivos e ofensivos pelo internauta, não geram os resultados esperados e comprometem a imagem da empresa .